Firetongues

5 erros comuns que brasileiros cometem ao falar Inglês

Nos últimos anos, os brasileiros têm buscado formas de aperfeiçoar suas competências para se adaptar ao mercado de trabalho.

Com tanta competitividade, as empresas apostam em trabalhadores mais qualificados para integrar o quadro de colaboradores. Uma dessas formas é justamente ter um segundo idioma no currículo, como o inglês que é a língua estratégica do mundo.

O Inglês pode ser fator decisivo em muitas vagas ofertadas atualmente, e ele possibilita o crescimento em diversas áreas como a acadêmica, cultural e também na sua própria área de atuação profissional.

Porém, tem erros comuns ao falar inglês que brasileiros cometem e podem reduzir suas chances em uma entrevista de emprego ou gerar confusão em uma conversa com um estrangeiro.

Separamos dez erros cometidos por muitas pessoas ao falar inglês durante o processo de aprendizagem. Vamos lá!

Uso de have quando falamos de idade

Quando mencionamos nossa idade, muitos brasileiros falam cometem o erro em dizer

I have 30 years old”. Você já ouviu isso, ou já falou alguma vez? É um erro comum!

O verbo tem (have) é algo bastante comum na nossa língua, porém quando se refere a idade, em inglês, o correto é:

I am 30 years old

N tradução literal seria Eu sou trinta anos velho. Pode até soar estranho, mas é assim mesmo. Utilize sempre I Am quando falar de sua idade, pois os nativos não compreenderão o uso do Have na frase em questão. O Have sempre dará a ideia de posse.


Esquecer o uso do pronome it

Um dos erros mais comuns ao falar inglês que os brasileiros cometem é esquecer do pronome It, o famoso sujeito oculto durante suas conversas.

Por exemplo: Did you like? / Did you watch? Para um nativo, a frase fica confusa sem o pronome, e isso se deve ao fato de estarmos costumamos a traduzir palavras e frases ao pé da letra.

Não se esqueça de colocar o It na frase para que a informação possa ser compreendida. Veja: Did you watch it? / Did you like it? Viu, só? Essas são as formas corretas de fazer as perguntas do nosso exemplo.

Usar o verbo shopping para se referir ao lugar de compra

Quem nunca disse que iria ao Shopping para um nativo e ele ficou sem entender? Pois bem, quando dizemos I’m going Shopping quermos dizer que estamos indo fazer compras, já que a expressão contém o verbo To Shop (sem o The).

Portanto, se queremos nos referir ao lugar, devemos dizer: I’m going to the Shopping Mall. Mall é o lugar que realizamos as compras de fato.

Falsos Cognatos (ex: argument, actually, parents, fabric)

Os falsos cognatos são um dos maiores fatores de confusão na Língua Inglesa para brasileiros. Muitos de nós já nos pegamos falando Argument pensando em argumento, Actually em atualmente, Parents pensando em parentes e Fabric pensando em fábrica.

Porém, todas essas palavras citadas acima possuem significados completamente diferentes, como explicamos abaixo:

Argument = Briga /

Actually = Na Verdade

Parents = Pais

Fabric = Tecido.

Outro exemplo famoso são os famigerados Push (Empurrar) and Pull (Puxar), que vemos nas portas de bancos. Esses são clássicos dentre os erros mais comuns ao falar inglês.

E veja só, ainda existem outros. Aqui nós citamos só alguns

Esquecer de encaixar o S na terceira pessoa (she works)

Outro da lista dos erros comuns ao falar inglês que os brasileiros cometem é o de esquecer de acrescentar o S na terceira pessoa.

Por exemplo: He work at the Hospital (Ele trabalha no hospital). Essa ausência do S causa uma certa incompreensão da frase pelo falante nativo.

Sempre que usar terceira pessoa, acrescente o S no final do verbo que vem antes do sujeito. O correto é: He works at the hospital.

Como fugir dos erros comuns ao falar inglês?

Primeiramente, é importante dizer que cometer erros é saudável, pois são eles que nos ajudam a entender e corrigir nossa fluência. Sem erros não há aprendizados. Porém, repetir os erros sem evoluir é perder o tempo e arriscar tornar isso uma verdade nossa.

Portanto, vamos dar algumas dicas para você evitar.

Dica 1: estude bastante

Não tem jeito, para aprender inglês é preciso estudar o idioma. Muita gente ignora essa etapa tão importante do aprendizado, mas se não compreendemos a estrutura da língua, sua história e suas nuances gramaticais, podemos ouvir a palavra certa várias vezes e não perceberemos os erros.

Um bom curso, como o do Firetongues, por exemplo, é estruturado e possui um roteiro de aprendizado guiado.

Viram só quantas coisas corriqueiras que erramos? O Inglês é uma língua que requer estudo constante para que seja facilmente dominada por aquele que busca crescer no mercado profissional.

Quer saber mais sobre como melhorar seu vocabulário e sua pronúncia? Clique aqui e nos siga nas redes sociais para não perder nenhuma dica diária.

Compartilhe

Acompanhe Mais:

Aprenda inglês agora!

Chegou a hora de vencer esse desafio.